Comércio de Macapá deverá movimentar R$ 20 milhões com venda de presentes

Suzana Sampaio

A Fecomércio Amapá, por meio do Instituto de Pesquisa de Desenvolvimento do Comércio do Amapá (IPDC), realizou no período de 22 a 26 de novembro a Pesquisa de Intenção de Compras para o Natal de 2018 com consumidores da capital amapaense, Macapá, e constatou que o comércio da cidade vai movimentar, no período de dezembro, cerca de R$ 20 milhões.

Na pesquisa, mais de 350 pessoas foram entrevistas com relação as questões como valor que pretendem gastar com o presente, itens de maior procura, dia preferido para a realização de compras, entre outras questões.  

Segundo o IPDC, 74% da população Macapaense pretende ir às compras neste natal, a intenção de compras se repete pelo terceiro ano consecutivo. Para o diretor técnico, Erik Rocha, esse resultado é bastante favorável para o comércio. “Natal é a data mais esperada pelo comércio e apesar das dificuldades, o consumidor está disposto a presentear”, disse.

A pesquisa apontou ainda que 27% dos entrevistados que irão presentear, pretendem comprar dois presentes, pois a data é sempre marcada pela troca de presentes, fazendo com que o consumidor compre mais de um produto. Aqueles que pretendem comprar três somam 22%. Os que pretendem mais de 6 presentes também representam 8%.

Itens mais procurados

De acordo com a pesquisa, os presentes mais procurados serão: brinquedos (43%); vestuário (28%); calçados, bolsas e carteiras (18%); perfumaria (15%); e celulares (13%). Quase a totalidade da população (93%) pretende comemorar a data, e desses, 49% irá celebrar em casa, já 20% vai para a casa dos pais e 18% vai reunir com demais familiares e amigos.

Local de compras

O centro comercial continua sendo o local preferido para as compras, apontado por 60% dos entrevistados, e as lojas de shopping center aparecem em segundo lugar na preferência do consumidor com 21%.

Décimo terceiro

A pesquisa também apurou informações a respeito da utilização do décimo terceiro salário, que apontou que 45% dos entrevistados que terão direito ao benefício, irão utilizar para quitar dívidas, 18% vai poupar; 15% pretende comprar os presentes de natal; 12% vai gastar com moradia (construção e reformas) e 9% vai usar para viajar.

Para os 45% que irão quitar dívidas, a prioridade será pagar o cartão de crédito (45%); seguido daqueles que irão pagar contas de água, luz e telefone (21%); pagar empréstimos (20%); 11% irá pagar contas atrasadas em lojas e 14% vai quitar outras dívidas, como mensalidade escolar, IPVA, compra de material escolar, dentre outros.

Expectativa dos empresários para o período

De acordo com o IPDC, 74% dos empresários do comércio estão otimistas em relação ao natal de 2018 e apostam em vendas melhores que o ano anterior.

19% acreditam que as vendas serão iguais as do ano passado e 6% estão pessimistas e acham que as vendas serão piores.

Contratações temporárias

Em relação as contratações temporárias, 45% revelou que pretende contratar ou já contratou para o período das festas de fim de ano. Os que não vão contratar somam 35% e 19% revelou que ainda podem contratar dependendo do movimento, ou seja, se houver uma melhora nas vendas estão dispostos a contratar.  Em média serão contratadas de 2 a 3 pessoas, um incremento de aproximadamente 2.300 postos temporários.

Sobre o Sindicato

Sindicato das Empresas de Turismo do Estado do Amapá

  • Endereço:
    Av. Procópio Rola, 164 B - Centro
  • CEP: 68900-081
  • Processo: 1544
  • Telefone(s):(96) 3223-1847
  • Email contato: sindetur.ap@terra.com.br
  • Presidente:
    EDYR CAMPOS PACHECO